Receita Escondidinho de Carne Seca

Receita Escondidinho de Carne Secafeatured

O

i pessoal tudo bem?

Esse domingo reunimos a família e fizemos um super escondidinho de carne seca!

O escondidinho é um prato encontrado em diversas regiões do país, e tem como base a mandioca (ou macaxeira, ou aipim) e no Recheio a famosa Carne Seca.

 

Vamos a receita?

INGREDIENTES

* 500g de carne seca (charque) dessalgada, cozida e desfiada
* 1 xícaras (chá) de salsinha e cebolinha picadas
* 1 kg de mandiocas descascadas, cozidas e espremidas
* 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva
* 2 cebolas picadas
* 1 xícara (chá) de leite
* 2 colheres (sopa) de margarina
* 1 pacote de 50 g de queijo ralado
* Fatias de mussarela para cobrir

MODO DE PREPARO

De véspera, coloque a carne seca (o charque) de molho e troque a água duas ou três vezes para tirar o sal. Cozinhe a carne seca com 3 xícaras de água.  Depois de bem cozida, aproximadamente 30 minutos na panela de pressão, retire e desfie (se cozinhar bem, fica fácil desfiar) reserve.

Cozinhe a mandioca com um pouquinho da água onde cozinhou a carne e o restante de água limpa (gosto de usar um pouco da água do cozimento para saborizar e  não precisa nem colocar sal. Cozinhe até que fique bem macia. Amasse ainda quente e faça um purê com pouco leite, manteiga, queijo ralado e se precisar sal. (geralmente não precisa colocar sal)

Em uma panela, refogue a cebola no azeite. Adicione a carne seca desfiada a salsa e cebolinha, deixe apurar um pouco. Se quiser pode colocar milho verde e tomate picadinho.

Para montar use um refratário untado com margarina, coloque metade do purê e espalhe com o garfo.

A seguir espalhe o molho de carne em cima. Cubra com restante do purê. Coloque as fatias de muçarela e leve ao forno quente rapidamente para gratinar o queijo, aproximadamente 20 minutos.

Infelizmente ninguém lembrou de tirar foto quando tiramos do forno, com o queijo borbulhando e aquele cheirinho tentador, foi todo mundo correndo pra mesa….kkkkkk Só a noite fui lembrar que faltou a última foto… coloquei num píres o que sobrou:

O nome “Escondidinho”  vem do fato de a carne ficar escondida pelo purê de mandioca e o queijo. Muito saboroso!! Todos elogiam e amam essa delícia.

Uma sugestão de acompanhamento que fizemos nesse dia foi arroz branco com cenoura picadinha e salada verde.

E por último… uma curiosidade:

Você sabia que o charque faz parte da história do Brasil?

O charque tem um papel muito importante na história e economia brasileiras, viabilizando a expansão da criação de gado e a fixação de habitantes em zonas rurais. Não é difícil imaginar que há até algumas décadas atrás não havia eletricidade em grande parte do país, particularmente nas zonas rurais, tornando o charque uma deliciosa opção de preservação de carne para quem não dispunha de geladeira. Além do que as famosas ‘charqueadas’ do sul do Brasil no século 18 trouxeram desenvolvimento e riqueza para a região sul do estado do Rio Grande do Sul.

Hoje o charque ainda é bastante consumido, por ser uma carne muito saborosa e com excelentes aplicações culinárias. O charque permanece uma ótima opção para os consumidores que vivem em locais de difícil acesso ou com condições de transporte e refrigeração mais precárias, além de ser um bom produto de exportação para o Brasil.
Fonte: www.sic.org.br

Beijos!

Sobre o autor

Marcia Cunha

Contadora por formação e arteira de coração. Márcia Cunha nasceu no Paraná, começou no mundo da Blogosfera como um hobby e decidiu compartilhar suas ideias, projetos que inventa para decorar sua casa e suas receitas que testa nos finais de semana para os amigos.

DEIXE UM COMENTÁRIO